Tudo sobre o novo Renault ZOE

As linhas do novo ZOE não enganam, o azul “elétrico” os faróis dianteiros e traseiros, a estética não deixa qualquer dúvida de que estamos na presença de um automóvel emissões zero.

A nova versão do ZOE promete tempos de carregamento cerca de 30% inferiores em relação ao modelo anterior. As últimas informações disponibilizadas pela Mobi.e indicam que a empresa pretende aumentar a rede e passar a disponibilizar, um pouco por todo o país, cerca de 700 postos de carga rápida e acelerada.

Para carregar as baterias desde zero até aos 80 por cento de carga (perto de 300 quilómetros de autonomia em ciclo NEDC), o Renault ZOE Z.E. 40 C.R. precisa de 65 minutos, em vez dos 100 minutos do ZOE Z.E. 40.

Os valores avançados pela Renault indicam uma poupança de tempo na ordem dos 30 por cento, mas isto nos postos de carregamento rápido de 43kW (64A). Já numa Wallbox de 22kW (32A), os tempos de carregamento são em tudo idênticos ao do ZOE Z.E. 40. As empresas que têm condições para instalar postos de carregamento rápido nas suas instalações devem, por isso, ponderar em optar por esta solução.

Renault ZOE Z.E. 40 com duas propostas de motores

Como se justificam os diferentes tempos de carregamento entre o ZOE Z.E. 40 C.R. e o já conhecido ZOE Z.E. 40? A resposta está no motor. O primeiro está equipado com o bloco designado por Q90 e o segundo com o designado R90. Dois motores distintos, mas que reivindicam números muito próximos ou mesmo idênticos. A unidade elétrica do ZOE Z.E. 40 C.R. tem uma potência de 65kw (88 CV) em vez de 68kw (92 CV) do ZOE Z.E. 40. A autonomia é de 370 quilómetros (em ciclo NEDC) em vez dos 400 quilómetros do ZOE Z.E. 40. Já o binário de 220Nm, a aceleração dos 0 aos 50 km/h em 4,1 segundos, dos 0 aos 80 km/h em 8,6s e dos 0 aos 100 km/h em 13,2 segundos são comuns às duas versões.

O Renault ZOE Z.E. 40 C.R. pode ser adquirido a partir de 15.460€ (empresas – associado a um contrato de aluguer da bateria, beneficiando da dedução integral do IVA e incluído o incentivo do estado no valor de 2.250 euros) ou 18.820€ (particulares – associado a um contrato de aluguer de bateria, beneficiando do incentivo do estado no valor de 2.250 euros e com uma retoma e financiamento RCI Bank), associado a um contrato de aluguer e serviços relacionados com as baterias. Se a opção recair na compra do novo Renault ZOE Z.E. 40 C.R. com as baterias incluídas, o preço começa nos 23.195€ (empresas) e 27.995€ (particulares).

Experimente o simulador de autonomia do ZOE

O Renault ZOE Z.E. 40 C.R. beneficia, tal como os restantes modelos da gama Renault, da garantia contratual de cinco anos / 100.000 km. Na modalidade de aquisição da bateria, a mesma tem uma garantia de 8 anos (para uma capacidade de armazenagem superior a 60%). No caso da modalidade de aluguer da bateria, as condições contratuais (troca da bateria assegurada pela marca em caso de mau funcionamento ou se a capacidade de armazenagem descer abaixo dos 75 %) .

O Renault ZOE está isento do pagamento de Imposto Único de Circulação, não é abrangido pela tributação autónoma e, na cidade de Lisboa, por exemplo, não paga estacionamento. Os valores indicados pela marca francesa para o custo das revisões situam-se entre os 30 e os 50 euros.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *