Ford Focus: Renovação

A quarta geração do Ford Focus foi lançada num ano em que o modelo assinala 20 anos de existência. A Portugal chega em setembro, com preços a partir de 21.771€ para as versões a gasolina e 26.800 para as propostas a diesel. Todas as novidades em seguida.

“Uma folha em branco” foi o ponto de partida para o desenvolvimento do novo Ford Focus. Um modelo em que a marca quis inovar, mantendo no entanto a génese da linhagem que há duas décadas lhe conhecemos. Foi neste contexto que nasceu a nova proposta da marca da oval azul.

Exterior 

No exterior deparamo-nos com um modelo que cresceu em largura e na distância entre eixos. Por outro lado, viu a sua altura ser reduzida, assim como a distância das rodas para o extremo da carroçaria. Já os pilares A encontram-se mais recuados, alteração que torna a silhueta mais fluida.  No geral, o Focus apresenta linhas mais elegantes, apresentando uma imagem apurada face à versão anterior. 

Interior 

A tendência mantém-se quando ao abrir de porta acedemos ao interior, que nos prenda com uma maior sensação de espaço. Para isso contribui o painel de instrumentos que foi avançado, assim como uma consola central de proporções menos evidentes que na versão anterior. Esta alteração, notória e bem vinda, é consequência da redução do número de botões no habitáculo – num número que a Ford refere ser de menos 50% -, passando as funcionalidades a serem acedidas através do ecrã tátil de 8” no topo da consola central. Nas versões de caixa automática, ou nas de topo com caixa manual, a adoção por uma unidade de travão elétrica amplia também o espaço disponível entre os bancos dianteiros.

Por outro lado, segundo a marca anuncia, há um aumento do espaço disponível ao nível dos ombros nos lugares dianteiros, mas também quem circula nos lugares traseiros sai beneficiado, já que na zona dos joelhos há agora um total de 81 mm, segundo a marca, o melhor valor da classe, e na zona dos ombros mais 60 mm. Alterações que resultam da maior distância entre eixos e do piso plano deste novo Focus. 

Sistemas de assistência à condução 

As principais novidades tecnológicas neste particular são: controlo de velocidade adaptativo com função Stop & Go; reconhecimento de sinais de velocidade; manutenção na faixa de rodagem; sistema ativo de assistência ao estacionamento 2; assistente de manobras evasivas; sistema de faróis adaptativos com a função preditiva de iluminação em curva. A estes junta-se o Head-Up Display, o primeiro da marca a ser disponibilizado na Europa.

Por outro lado, em termos de conectividade e infoentretenimento a atenção centra-se no FordPass Connect. Simplificando, trata-se de um modem integrado que faz do Focus um hotspot WiFi móvel, permitindo-nos conectar até um máximo de 10 dispositivos. Recorrendo à aplicação com o mesmo nome, FordPass, podemos aceder à localização do veículo; informações sobre o nível de combustível ou vida útil do óleo; trancá-lo ou destrancá-lo; ou arrancar à distância no caso das versões equipadas com caixa automática de 8 velocidades. Destaque também para o sistema de carregamento sem fios.

Para aceder às funcionalidades do veículo temos também o ecrã tátil de 8” situado no topo da consola central, que nos dá acesso ao sistema Ford SYNC 3, compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Através dele podemos controlar a climatização, navegação e áudio. Outro dos chamarizes do modelo é o sistema de som B&O Play, com 675 W, 10 colunas e um subwoofer.

Componentes mecânicas

O Ford Focus surge com três modos de condução de série: Eco, Normal e Sport. Ao serem selecionados alteram as parametrizações na resposta do acelerador; passagens de caixa; firmeza da direção e controlo de tração.

Nota também, em estreia no modelo, para a tecnologia de Controlo Contínuo de Amortecimento (CCD), que surge nas versões mais evoluídas, as quais veem o seu eixo traseiro dotado com uma suspensão independente de triângulos duplos, com o eixo de torção a ficar confinado apenas para as motorizações mais pequenas, no caso, 1.0 EcoBoost e 1.5 EcoBlue.

O coeficiente aerodinâmico é apontado pela marca como uma referência na classe: 0,273 nas versões de 5 portas e 0,284 nas Station Wagon.

O Focus conta de série com tecnologia de grelha ativa, (quando não é preciso ar direcionado para o radiador a tecnologia fecha automaticamente as aberturas da grelha); cortina de ar (conduz o fluxo de ar ao longo das rodas dianteiras para reduzir a turbulência); pára-choques concebido para o efeito; spoiler traseiro e desenho das janelas específico.

Motorizações e Versões disponíveis

O modelo tem início de comercialização em Portugal agendado para setembro e surge com motores a gasolina e a diesel. No primeiro caso temos o 1.0 Ecoboost com 100 cv ou 125 cv e o 1.5 Ecoboost com 150 cv.

A diesel a proposta de entrada é o bloco 1.5 TDCi EcoBlue com 120 cv com a fasquia a subir com o 2.0 TDCi EcoBlue de 150 cv. Em todos os casos estão disponíveis duas opções de caixa: manual de 6 velocidades ou automática de 8. Exceção apenas para a versão a gasolina de 100 cv, disponível unicamente com caixa manual de 6 relações.

Em termos de equipamento, para além da versão base, Business Edition, há quatro níveis, tanto na versão de 5 portas, como na Station Wagon: Titanium; ST-Line; Vignale; Active. Em particular destacam-se os três últimos casos:

O ST-Line confere um caráter mais desportivo ao modelo, através de pormenores como o difusor e spoiler traseiros ou entradas de ar dianteiras específicas. O modelo surge ainda com volante e jantes exclusivas e suspensão desportiva, entre outros detalhes. O Vignale dota o Focus de pormenores mais refinados, conferindo-lhe um ar mais elegante. Os apoios de braços dianteiros, parte dos bancos e o volante são forrados a couro e o painel de instrumentos a vinil. Já o pára-choques dianteiro e traseiro, assim como as jantes, são exclusivos.

A Active, a única pela qual teremos que esperar, e quem tem chegada prevista no princípio de 2019, é aquela que dota o Focus de um cunho mais descomprometido e aventureiro. Esta caracteriza-se pela maior distância ao solo, proteções em preto nas abas dos guarda-lamas e embaladeiras e proteções inferiores à frente e atrás.

 

*Preços Ford Focus (a partir de)

 Versão 5 Portas

 Business Edition 1.0 Ecoboost (100 cv) – 21.771

Business Edition 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 26.800€

ST-Line 1.0 Ecoboost (125 cv) – 24.143€

ST-Line 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 28.219€

Titanium 1.0 Ecoboost (125 cv) – 23.989€

Titanium 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 27.943€

Vignale 1.0 Ecoboost (125 cv) – 27.319€

Vignale 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 31.396€

 

Versão Station Wagon

 Business Edition 1.0 Ecoboost (100 cv) – 22.644€

Business Edition 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 27.951€

ST-Line 1.0 Ecoboost (125 cv) – 25.067€

ST-Line 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 29.486€

Titanium 1.0 Ecoboost (125 cv) – 24.904€

Titanium 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 29.095€

Vignale 1.0 Ecoboost (125 cv) – 28.243€

Vignale 1.5 TDCi EcoBlue (120 cv) – 32.663€

*Os preços apresentados têm em conta apenas o modelo de entrada das propostas a gasolina e a diesel em cada versão;

Texto: André Duarte

andreduarte.vt@gmail.com

 

Siga o Volante no Instagram 

Siga o Volante no Facebook 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *