Porsche Panamera 4 E-Hybrid: Um desportivo com alma ecológica

No Volante conduzimos a versão mais desportiva da gama Panamera, a verdade é que este é o segundo Porsche mais potente da história da marca alemã, apenas o 918 Spyder é mais rápido. Luxo, conforto, um chassis desportivo com controlo dinâmico (PDCC Sport), umas poderosas e vistosas jantes de 21 polegadas são elementos que não podemos deixar de destacar. Um superdesportivo com alma ecológica que  faz 3.4 segundos dos 0-100 km/h e 310 km/h de velocidade máxima.

Este plug-in híbrido baseia-se na fórmula introduzida no Porsche Panamera 4 E-Hybrid. Mas, no lugar do V6 biturbo de 2.9 litros com 330 CV aliado a um motor eléctrico de 136 CV (resultando numa potência conjunta de 462 CV), o novo Turbo S E-Hybrid chega com um turbo V8 de 4.0 litros que disponibiliza 550 CV ao qual se junta o mesmo mecanismo elétrico. O resultado é uma potência de 680 CV e um binário máximo de 850 Nm. A marca avança com um consumo médio em circuito misto DE 2,6 litros para percorre 100 kms; as emissões de CO2 fixam-se nos 66 g/km.

O Porsche Panamera 4 E-hybrid pode ser carregado numa tomada normal de 220 V e demora entre 4 e 8 horas a ficar com a bateria totalmente cheia. A operação de carregamento pode ser programada ou controlada remotamente através de uma aplicação para “smartphones” (Porsche Connect App).

O Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid custa 240.430 euros.

Não perca o ensaio da jornalista Liliana Carvalho ao Porsche Panamera mais potente de sempre no programa Volante, SIC Notícias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *