Alpine A110 é apresentado este mês em Portugal

Este coupé de dois lugares, com motor central traseiro, é construído em alumínio, para minimizar o peso, e está equipado com uma suspensão de duplos triângulos. O A110 Première Edition possui um motor turbo de 1.8 litros a gasolina, com quatro cilindros, que desenvolve 252 CV e, como todos os Alpine, dispõe de tração traseira.

Limitada a 1955 exemplares – uma alusão ao ano em que a Alpine foi fundada – o A110 Première Edition foi totalmente reservado em apenas cinco dias depois de abertas as encomendas. Sendo o primeiro modelo da marca desde há duas décadas.

A110 Première Edition assinala o renascer da Alpine

Para além do legado na construção de automóveis desportivos leves e ágeis, cujo habitat natural são as sinuosas estradas de montanha, a Alpine forjou, também, a sua reputação na competição automóvel ao mais alto nível. Os seus principais momentos de glória incluem a conquista do Campeonato Mundial de Ralis, em 1973, e a vitória nas 24 Horas de Le Mans, em 1978.

É com esse espírito que a Alpine compete, atualmente, nas provas internacionais de resistência. O seu programa para o Campeonato Mundial de Endurance LMP2 FIA revela bem a ambição e o empenho da marca no desporto automóvel. Uma novidade para 2018 é o recém-anunciado troféu monomarca Alpine Europa Cup, que será organizado pela Signatech.

O projeto Alpine foi anunciado em 2012 e, quatro anos mais tarde, em 2016, o show car Alpine Vision foi revelado no Mónaco. Um ano mais tarde, o A110 Première Edition foi apresentado ao público no Salão Automóvel de Genebra.

O A110 será produzido na fábrica da Alpine, em Dieppe, no norte de França. Construídas pelo fundador da Alpine, Jean Rédélé, em 1969, as instalações de Dieppe continuaram a produzir, nos últimos anos, pequenas séries de automóveis de alto desempenho da Renault Sport. A produção Alpine regressa a Dieppe e, como parte do relançamento, a fábrica foi modernizada e fortemente melhorada.

Bernard Ollivier, Diretor-Geral Adjunto da Alpine, afirma: “Em 2012, no início do projeto, fui nomeado para criar um novo automóvel desportivo Alpine, partindo de uma folha em branco. Tinha de ser fiel ao ADN da Alpine – agilidade graças à leveza, muito elegante e um prazer de conduzir.”

 “Partindo de uma folha em branco, também pudemos criar a nossa própria plataforma. Defini um objetivo de peso de 1100 kg para o automóvel, o que é muito difícil de atingir. É por este motivo que decidimos utilizar alumínio no chassis e na carroçaria. O resultado final, apenas 1080 kg (1103 kg para o Première Edition), significa que atingimos o nosso objetivo de tornar o A110 um dos automóveis mais leves na sua classe.”

Motor turbo e saída de escape ao centro

O A110 combina a normalidade no quotidiano, em modo Normal, com o som de um autêntico automóvel desportivo nos modos Sport e Track. O motor de 1.8 litros, com quatro cilindros, injeção direta e turbocompressor – personalizado pela Alpine com sistemas específicos de admissão, escape e turbo, a que se junta uma calibragem à medida – desenvolve uma potência máxima de 252 CV às 6.000 rpm, com 320 Nm de binário logo a partir das 2.000 rpm.

O motor transmite a potência às rodas traseiras através de uma transmissão de dupla embraiagem Getrag de sete velocidades, com relações específicas. A função de diferencial eletrónico promete proporcionar uma boa tração, mesmo em pisos escorregadios.

A Alpine vai ter um único espaço de venda em Portugal, que ficará localizado em Lisboa, na concessão do Renault Retail Group, em Chelas. A apresentação oficial está marcada para dia 15 de maio.

A ótima relação potência/peso (4,3 kg / CV) do automóvel, juntamente com a função launch control (controlo de arranque), permitem que o A110 acelere até aos 100 km/h em 4,5 segundos. A velocidade máxima está eletronicamente limitada a 250 km/h. De acordo com a marca, o consumo combinado de combustível é de 6,1 l/100 km para emissões de CO2 de 138 g/km.

O A110 Première Edition, edição especial, dispõe de uma lista de opções onde apenas é possível escolher uma das 3 cores: Alpine Blue (azul), Noir Profond (preto) e Blanc Solaire (branco nacarado).

Todos os exemplares do Alpine A110 Première Edition estão equipados com jantes em alumínio forjado de 18 polegadas, um escape desportivo ativo, sistema áudio Focal, pormenores interiores em fibra de carbono, pedais em alumínio escovado, bancos desportivos Sabelt com acabamentos em pele e uma placa Première Edition numerada na consola central.

A consola central suspensa e os apoios de banco expostos proporcionam uma sensação de leveza, enquanto os bancos desportivos Sabelt, com acabamentos em pele, permitem minimizar o peso. Quanto ao sistema áudio Focal, recorre a altifalantes que integram a tecnologia Flax Cone.

A apresentação em pista do Alpine A110 está marcada para o próximo dia 25 de maio no autódromo do Estoril. 

Dados técnicos

Alpine A110 Première Edition
Tipo de combustível Gasolina
Tipo de motor 1.8l, 4 cilindros., 16 v, turbocomprimido
Potência máxima 252 Cv às 6.000 rpm
Binário máximo 320 Nm às 2.000 rpm
Arquitetura motor central traseiro, tração traseira
Tipo caixa de velocidades Dupla embraiagem, cárter húmido, 7 velocidades
Peso em vazio (DIN) 1103 kg
Relação potência/peso 4,3 kg / Cv
Dimensões 4180/1798/1252 (C x L x A)
Distância entre eixos 2420 mm
Largura eixo dianteiro 1556 mm
Largura eixo traseiro 1553 mm
Chassis Suspensão dianteira e traseira de duplos triângulos
Travões dianteiros pinça fixa de 4 pistões, discos 320 mm
Travões traseiros pinça flutuante de um pistão, discos 320 mm
Coeficiente aerodinâmico Cx: 0,32  /  SCx: 0,621
Depósito de combustível 45 litros
Capacidade do porta-bagagens dianteiro 100 litros
Capacidade do porta-bagagens traseiro 96 litros
Jantes e pneus 205/40R18 (frente), 235/40R18 (trás)
Velocidade máxima 250 km/h
Aceleração 0-100 km/h em 4,5 segundos
Consumo de combustível
(combinado NEDC)
6,1 litros/100 km
Emissões 138 g/km CO2

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *